8 anos

Amigos

Esta semana ainda, posto sobre a Milena, ok? Enquanto isso deixo aqui meu apelo do amigo virtual Piva Junior.

Colaborem!

Um grupo de pais de crianças com autismo criou a Revista Autismo, gratuita, de circulação nacional e com 100% de voluntariado, sem ONG, sem empresa, sem governo e sem nenhum dinheiro — um verdadeiro milagre nos dias de hoje! — veja detalhes no site e se precisar, me pergunte mais informações.

O autismo não é raro como muito podem pensar, é mais comum do que se imagina, atingindo hoje nos EUA 1 a cada 110 crianças (veja reportagem da revista). No Brasil não temos estatísticas, mas estima-se que haja 2 milhões de pessoas com o transtorno do espectro autista (TEA). A síndrome é mais comum em crianças do que AIDS, câncer ou diabetes. E o tratamento quanto antes for feito, melhores os resultados.

Eu, que sou pós-graduado em Jornalismo e tenho um filho de 3 anos de 7 meses com autismo fui convidado a (e topei) ser o editor-chefe da revista e “capitanear” este barco. O objetivo é levar informação a pais que não têm acesso à internet — além, logicamente, de atingir profissionais e governos para que diminua-se o preconceito e crie-se políticas públicas para atender às famílias afetadas por essa síndrome — pois é algo que afeta e desestrutura a família toda.

Só pudemos imprimir 5 mil exemplares, o que durou uma semana. A demanda é absurda por informação sobre autismo no Brasil, pois não há quase nada. A falta de informação é tão grande que nossa revista é a única na América Latina sobre o tema e a única no mundo em língua portuguesa (tivemos solicitações e enviamos algumas inclusive para Portugal e para brasileiros na Inglaterra, Japão, EUA e a um médico mexicano na Cidade do México).

Como ainda não conseguimos um patrocínio para continuarmos o projeto e fazermos a próxima edição, estamos realizando uma campanha de doações para reimprimir a edição de lançamento — o número zero da revista, que aliás está em versão virtual e em PDF para ser baixado, com 100% do conteúdo, sem restrições, no site da Revista Autismo.

Cotei e com R$ 11 mil podemos reimprimir mais 5 mil exemplares da edição de lançamento (número 0), na gráfica do Zinho (de SC, a mesma que nos doou a impressão anterior).

Com doações, nossas ou que consigamos angariar de outros grupos, pessoas, empresas etc. podemos fazer isso!

Abri uma conta no Bradesco somente para doações à revista (escolhi o Bradesco pois pode-se depositar em qualquer ag. de CORREIOS, que tem em todo o Brasil).

Banco: Bradesco

Agência: 2534-8 (nem sempre precisa do dígito da agência)

Conta Corrente: 8679-7

Titular: eu (Francisco de Paiva e Silva Junior – CPF:181.874.238-11)

Quem doar, não precisa enviar comprovante. A ideia é primeiro conseguirmos o montante para reimprimir, depois todos podem solicitar envio pelo correio, pagando a postagem de R$ 2,50 por revista para qualquer endereço do Brasil (R$ 2,30 pela encomenda simples nos correios + R$ 0,20 pela embalagem).

Hoje (29/11/2010) já temos R$ 5.889,45, precisamos somente de R$ 4.110.55 — e se conseguirmos mais, imprimiremos mais exemplares, sem dúvida, pois a demanda é enorme e entendemos que mais 10 mil exemplares seria o ideal, porém, um número ainda distante!

O Caixa da Revista Autismo está público no link http://goo.gl/LmIFQ para que todos vejam e fiscalizem.

Então, sugiro que além de todos que puderem doar o façam (seja a quantia que for será muito bem-vida e agradecida), fazer uma pequena campanha na sua igreja, centro, empresa. Explique a importância deste projeto e não será difícil conseguir algo para uma causa tão nobre como esta.

Para fazermos uma próxima edição, precisamos de R$ 40 mil (para 15 mil exemplares, se conseguirmos menos, fazemos menos), portanto estamos nos focando apenas em reimprimir esta edição de lançamento para divulgar mais e tentar conseguir 1 ou 2 grandes empresas que possam patrocinar edições trimestrais o que daria ( R$ 160 mil ao ano = 4 edições de 15 mil exemplares cada). Se você tiver contato com alguma empresa que se encaixe no perfil para esse patrocínio, contate-me para tentarmos algo juntos. Conseguiremos, eu creio!

Antecipadamente agradeço o que conseguirem ou ao menos tentarem.

Abraço a todos,

Paiva Junior
Editor-chefe, Revista Autismo — Informação gerando ação
RevistaAutismo.com.br — A primeira revista sobre autismo da América Latina e a em língua portuguesa no mundo

Siga a revista no Twitter:
@RevistaAutismo

E-mail revista:
editor@RevistaAutismo.com.br

Post anterior Próximo post

Você também vai gostar

Deixe seu comentário!

avatar
  Subscribe  
Me envie notificações de