Quem Sou

Foto: Beto Oliveira

Foto: Beto Oliveira

Eu por mim mesma :]

Meu nome é Fausta Cristina e eu gosto que me chamem de Cristina ou Cris. Sou mãe de 03 filhos e avó de uma garota linda, sou casada, sou pedagoga e psicopedagoga. Minha terceira filha, Milena, tem autismo. Eu percebi bem cedo que ela era uma garota especial e me dediquei a estudar o autismo para melhor auxiliar o desenvolvimento da minha menina.

Venho participando de grupos de pais, virtuais e reais, tenho feito muitos cursos, lido muito sobre autismo. Atuo voluntariamente para auxiliar na divulgação do autismo no Brasil, participei da fundação de duas associações de pais em cidades que morei e sigo aprendendo sobre esta síndrome instigante.

Comecei a escrever o blog no ano de 2006 para compartilhar esta experiência incrível de ser mãe da Milena.

Obrigada por estar aqui me lendo! Seja da forma que for que o autismo tocou a tua vida e te fez chegar até aqui, eu espero que você consiga retirar o melhor desta experiência. Eu consegui.

Meu e-mail: fausta.cris@gmail.com (posso demorar um pouco para te responder, mas respondo).

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Me envie notificações de
guest
25 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Ana Paula Borges
Ana Paula Borges
6 anos atrás

Boa noite Cris! Adoramos seu blog, pois está nos ajudando a compreender melhor nossa pequena de 11 anos. Meu marido pediu seu contato, para tirar algumas dúvidas, moramos em Lages (SC), meu face está em nome de nossa filha, se quiser dar uma espiada é Helen Borges Reis. Um grande abraço e muita força. Ana

Marina
Marina
5 anos atrás

Bom dia Cris, tudo bom? Estou meio pra baixo esta semana, sentindo solidão, sem saber pra quem recorrer e me lembrei do seu blog e de vc. A sensação que tenho é a de que estou nadando no mar em plena tempestade, lutando para me manter na superfície, sentindo meu corpo cansado, com frio, sozinha… Olho para o lado e só vejo o mar e o céu, que neste momento está fechado e chovoso, o mar agitado… Tenho vontade de gritar, chorar… mas não consigo. Desde o diagnóstico não consigo chorar, não chorei nenhuma vez, alguma coisa quebrou… não consegui… Leia mais »

VILLA ASPIE
5 anos atrás

Cris, ulala! Gostei! beijão da Ana P.

Aniele
Aniele
4 anos atrás

Boa tarde Cristina, conheci seu blog hoje, vendo um post compartilhado pela fonoaudióloga Mônica Acioly, que após a leitura também tive que compartilhar, “verdades sobre o autismo”.
Tenho uma filha com tea, de 6 anos, Alice. Gostaria muito de poder trocar experiências com você.

Denise
Denise
4 anos atrás

Olá Cristina! Tenho 2 filhos, o mais novo tem 3 anos e 7 meses e há 1 ano foi diagnosticado com TEA. Neste um ano não parei de pesquisar sobre o assunto, vejo o relato de muitas mães angustiadas. O que vc orientou foi justamente o que fiz ano passado. O primeiro neuro não quis fechar diagnostico, mandou esperar, então procurei outro que fechou o diagnostico após analisar avaliações de fono e TO. E já iniciamos tratamento, e para muitos pais que acham que não vão ter condições financeiras, vai uma dica, eu batalho tudo pelo plano de saúde, é… Leia mais »

Keila Regina
Keila Regina
4 anos atrás

Oi Cris, adorei o seu blog e me identifiquei muito com vc e com outras mães como a Denise. Tenho um menino de 4 anos e meio e descobrimos graças ao pediatra que tem um primo autista. Ele me indicou um especialista em autismo e foi batata. Depois de sair da consulta, meio em choque, chorei, mas logo percebi que não adiantava chorar, teria que correr contra o tempo. O neuro me orientou que quanto mais cedo iniciar o tratamento, mais rápido os resultados aparecem. Então, orei e pedi a Deus que me guiasse no caminho correto para o seu… Leia mais »

Tatiana Andriewiski
Tatiana Andriewiski
3 anos atrás
Reply to  Keila Regina

Keila, bom dia ! Meu nome é Tatiana e também sou mãe de um autista. Amei leu seu texto. Me identifiquei com cada palavra. Amo ser mãe do Joao, meu autista lindo, que já passou por diversos diagnósticos, mas nós como mães e pesquisadoras que nos tornamos, sabemos mais que ninguém o que realmente eles tem. E isso não faz deles piores ou melhores, apenas aprendemos mais a cada dia exatamente o que voctê disse: A ser mais humana, mais carinhosa, amar cada sorriso dele e cada conquista. E ainda complemento se me permitir, aprendemos que a vida tem propósitos… Leia mais »

Aline Pereira de Souza
Aline Pereira de Souza
3 anos atrás

Oi Cris tudo bem. Vi seu blog e estou tão angustiada pois sei que meu filho possa ser autista mesmo ele tendo so 4 meses. Quais foram os primeiros sintomas que vc teve com a Milena. Me mande um email para conversamos line_pds@hotmail.com

Paula Cristina
Paula Cristina
3 anos atrás

Cris,
Parabéns!!Excelente! Quanto amor e dedicação!
Olá, sou Paula Cristina, professora de AEE, pedagoga, psicopedagoga, especialista em Desenvolvimento humano, especialista em Educação especial , especialista em Neuropsicopedagogia, especialista em LIBRAS. O seu material é super bem vindo em minha prática profissional!Abraços.

Paula Cristina
Paula Cristina
3 anos atrás
katia Regina Barbosa
katia Regina Barbosa
3 anos atrás

ola meu nome é Katia Barbosa ,tenho 32, mãe do Gabriel de 2 e 11 meses diagnosticado com autismo , não fala ainda, tem comportante agressivo , faço acompanhando de 40 minutos na Apae estimulação.
A neurologista receitou a ele remédio controlado, respiridon, mais tenho medo de dar.

o que faço diante dessa situação.

Gilciléia Rossoni Coutinho Rosa
Gilciléia Rossoni Coutinho Rosa
2 anos atrás

Ola, conheci seu blog hoje, tenho uma filha autista severo,(Rebeca) ela tem 11 anos e ja se formou, gostaria de trocar ideias com Vc, me passa seu face.

Cristiane Monteiro
Cristiane Monteiro
9 meses atrás

adorei sua live com a doutora Tielle