10 anos

Mudanças

Muita gente que nos acompanha no blog já sabe que estaremos em Londres por seis meses. Pra quem ainda não sabe, pois é… por mais que eu tenha tido vontade de vir aqui contar sobre os preparativos, não consegui. O fato é que o pai da Milena foi transferido para um projeto temporário e nós viemos com ele. Prometi aos meus filhos, à minha família e amigos que usarei o espaço do blog como um diário para contar sobre esta experiência.

Eu não posto com mais frequência porque fico tentando colocar um texto mais elaborado acompanhado por figuras ou fotos, de forma a fazer uma linguagem mais visual, respeitando inclusive as pessoas com Autismo que me acompanham. No entanto, para que eu passe a postar com mais frequência estarei reduzindo textos e figuras. Para postar fotos aqui no blog da UOL (zip.net) é também meio sofrido pois tenho que ajustar o tamanho da foto, mas vou tentar manter o blog pelo menos com fotos para não cansar muito.

Preparando

Estivemos por um tempo poupando a Milena de saber que viríamos, passamos por fases em que era preciso muito tempo de amigospoaapreparação para qualquer atividade,este tempo foi diminuindo à medida que aumentava o nível de ansiedade da nossa garotinha. Quando faltava um mês para virmos, começamos a falar da viagem. Como já fomos para a Argentina e para o Chile a passeio, Milena relacionou a uma viagem de passeio, mesmo assim ficou muito ansiosa.

Mostrei vídeos de Londres e ocupei MUITO a rotina dela. Até por isso estive ausente, meu tempo estava todo tomado com providências e com Milena. A despedida da turma foi a festa de aniversário dela, se divertiu muito, muito. Ela pediu para ser na nossa casa e foi, pediu para chamar a Cia.Ludica para a animação, chamamos e acabamos convidando apenas os amigos da escola, a Larissa e Duda. Não pudemos convidar outros amigos queridos, pois não tínhamos espaço, tentei focar no aproveitamento da Milena e foi ótimo, as duas avós vieram de Minas e ela ficou muito feliz, foi lindo de ver o quanto significou pra ela! O melhor foi ouvir das crianças no outro dia na escola: foi a melhor festa de aniversário que teve este ano! 🙂

floraaA Viagem

 
Para Milena voar é sempre um prazer. Nesta nossa vida de nômades ela viaja grandes distâncias desde bebê, a partir dos quatro anos ou mais (tem registro aqui no blog) ela passou a perceber que estava voando e adorou. Porém ela não se conformava que iria dormir no avião. Graças ao programa de relocação da empresa, viemos na classe executiva e com todo o conforto, foi possível vencer a resistência dela, contei histórias, cantei, ofereci o iPad e ela adormeceu. Quando acordou faltava uma hora pra chegar.

sonoaviaoaUfa! Foi um alívio quando essa parte terminou.

Em Londres

A principal dificuldade da minha pequena autista aqui tem sido a inexistência de compromissos que marquem a sua rotina. Ela teve a vida toda uma agenda, antes com fotos, depois verbal. Ela sempre sabia seus compromissos, planos, passeios do dia.

A rotina é orientadora, ela não é estática, é dinâmica quando você coloca a rotina a seu favor. Nem toda pessoa com Autismo precisa de rotina, mas para a maioria, saber o que vai acontecer diminui a ansiedade e os ajuda a se organizarem inclusive, quando as coisas mudam.Quem conhece a Milena, já se acostumou a ouvi-la perguntar: o que vamos fazer agora? E depois? E assim sucessivamente até chegar na hora de dormir.

A agenda nunca foi fixa e qualquer coisa que saia da programação eu avisava pra ela: “não vamos mais no cinema, mas podemos ir na pracinha e depois voltamos pra casa, lanchamos, banho, etc”. Assim reprogramava e ela entendia que as coisas mudaram só até certo ponto, uma conclusão quase sempre difícil para alguém com Autismo, segundo eles mesmos nos contam em entrevistas e biografias, segundo também nos explicam os estudiosos (tudo a ver com o déficit da função executiva).

Por isso aqui em Londres sem escola e sem terapia este vai ser um desafio. Milena não irá para a escola, pois ela não tem condições de lidar com a barreira da língua. Ainda tem dificuldades com várias palavras em português, não é momento para introduzir nada em inglês. Tentei ensina-la a dizer o básico do básico mas ela me olhou e disse com firmeza: – para falar isso mamãe, ela não quer falar ‘guês’… Ok, entendi e não vou insistir.

passeiopatinsgeloaAgora é ambientar ao frio intenso, nos passeios que fizemos até agora, o tempo da Milena tem sido curto, então preciso ficar no ambiente por relativamente pouco tempo. O bom comportamento é fundamental em museus, galerias, apresentações, tudo isso abundante por aqui. O novo também assusta, por isso não dá pra chegar chegando, ela se assusta e tem medo de alguns locais por isso tudo leva tempo e eu tenho que esquecer um pouco o que eu quero pra pensar no que ela suporta.

Bom finalizando por hoje, estou sentindo falta do sol. Sei que é cedo e ainda vou sentir mais. Moro em um flat e as janelas ficam de frente para um prédio de escritórios. Muita exposição e pouca luz… muito frio lá fora e muito sono com esta penumbra. Porém o lugar é perfeito, perto de tudo e tem até uma loja de produtos para alérgicos que vai me garantir um bom cardápio SGSC, dieta mantida, graças a Deus!

Um beijo a todos, quem quiser nos acompanhar nesta viagem, volto logo 😉

salacasaa

Obrigada por sua companhia!

telephone

SPaula

Post anterior Próximo post

Você também vai gostar

Deixe seu comentário!

avatar
  Subscribe  
Me envie notificações de