9 anos, Conscientização

Dia Mundial de Conscientização do Autismo

Dia 02 de Abril é o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Estou feliz pois estarei trabalhando neste movimento aqui no Rio Grande do Sul. Farei uma palestra em Montenegro dia 28/03, cidade da minha querida Márcia Madalozzo, minha irmã de alma e outra palestra em Passo Fundo a convite de pessoas muito especiais. No domingo estarei integrando o time fantástico do Instituto Autismo e Vida que fará um Dia de Domingo inesquecível no Brique da Redenção a partir das 09:00h e seguiremos a semana com muitas outras atividades. Quem for daqui, entre no site do Autismo e Vida, tem um link aqui do lado.

Por isso estou escrevendo agora, para deixar registrado aqui no blog o quanto esta conquista de espaço na divulgação do AutpreconceitoAutismo tem me feito feliz. Quando iniciei esta jornada a única informação que eu encontrava em português pela net era aquela: “autista não olha nos olhos, não demonstra afeto, enfileira brinquedos” Affhhh! Eu tinha vontade de abrir a janela e gritar para o mundo todo ouvir: NÃO É BEM ASSIM!!!!

Temos muito a comemorar e também muito mais a conquistar. Para isso te peço visitante amigo, não te cale. Vista a camisa azul que você tem aí, faça sua parte e divulgue. Saia com seu filho, sobrinho, neto ou afilhado e diga sem medo para que todos possam entender: esta criança tem autismo e só precisa que você o aceite em seu jeito especial de ser.

Vem comigo nesta “campanha”, a sua postura vai ajudar muitos outros tenha certeza. O Autismo não é algo que tem que ser escondido ou mascarado. Assumir para o mundo que a criança é especial, que tem Autismo é angariar simpatia, compreensão. Se alguém te olhar com piedade, dê de ombros, se alguém te olhar julgando, dê de ombros… quando a gente não aceita um presente ele continua pertencendo a quem o ofereceu! Haverá pessoas aprendendo que o Autismo não é apenas uma pessoa balançando num canto qualquer e isso irá contagiar outras pessoas e o espaço de aceitação social se ampliará.

Beijos azuis em cada coração. Estou em casa com Milena, ninguém por perto e ainda assim estou de azul 🙂 Nessa cor que se tornou símbolo de uma causa, me identifico e crio com milhares de outras pessoas uma identidade que me acolhe.

Post anterior Próximo post

Você também vai gostar

Deixe seu comentário!

avatar
  Subscribe  
Me envie notificações de