6 anos, Comunicação, Métodos/Terapias

Compartilhando interesses e a saudade da irmãe

A Terapeuta Ocupacional da Milena a acompanha desde que ela era um bebê. No início ela apenas nos orientava sobre como brincar, o que estimular. Depois que voltamos para Uberlândia, ela foi a primeira pessoa que procuramos para terapia. É uma pessoa adorável, nossa Angela, um verdadeiro anjo em nossas vidas. Foi para ela, hoje, que Milena falou a sua mais longa frase e a fim de compartilhar, o que é mais especial ainda (pessoas com Autismo tem dificuldade em compartilhar interesses). Quando saíamos da clínica, ela apontou para o carro e disse com todas as letras e entonação:

– Olha tia Angela, meu carro novo, um Gol!

Milena adora carros, pergunta para as pessoas sobre seus carros, denomina o carro pela cor: o carro êde (verde) da Tia Dani, o carro inza da mamãe. E quando anda no carro da pessoa comenta sobre isso por uma semana. Eu e seu pai trocamos os carros e agora estou no Gol e o papai vai trabalhar com o outro. Ela ficou muito feliz com a novidade (pelo menos ela) e agora me presenteia com esta frase inteira tão espontânea.

Mudança brusca na rotina

Sua obsessão em falar e chamar pela irmã tem sido mais contornável, ela já aceita que mudemos de assunto, mas é muito duro ver o quanto ela sofre quando chega a noite e ela constata que se passou mais um dia. Hoje quando eu disse para ela que a irmã volta quarta-feira ela respondeu: “Hoje é quarta mamãe!” Vai explicar para ela que é só na outra quarta.

Eu estou muito feliz em ver tantos avanços na percepção e na comunicação da minha Milena, eu confesso que fiquei assustada com este episódio da obsessão pela viagem da irmã, vê-la aos gritos, sem controle, foi assustador. Mas passou e fica a experiência de tentar preveni-la quanto às bruscas mudanças de rotina.

Um beijo! Obrigada pela companhia.

0 0 vote
Article Rating
Post anterior Próximo post

Você também vai gostar

Subscribe
Me envie notificações de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments