Livro aberto sob a mesa com as páginas dobradas formando um coração.
5 anos

Homenagem a Artur da Távola

“A alma dos diferentes é feita de uma luz além.
Sua estrela tem moradas deslumbrantes que eles guardam para os poucos capazes de os sentir e entender.
Nessas moradas estão tesouros da ternura humana dos quais só os diferentes são capazes. Não mexa com o amor de um diferente.
A menos que você seja suficientemente forte para suportá-lo depois”*

Minha homenagem e gratidão a Artur da Távola que deixou nossa terra para habitar o mundo maior! Ele que também dizia: “quem tem vida interior, jamais padecerá de solidão”.

*Trecho da crônica A alma dos Diferentes escrita para o livro Vivências Autistas de Nilton Salvador, livro ainda não publicado.

Post anterior Próximo post

Você também vai gostar

Deixe seu comentário!

avatar
  Subscribe  
Me envie notificações de