Oi amigos

Oi é uma palavra que todos nós associamos à Milena. Ela fala oi pra todo mundo desde bebê. Isso é maravilhoso pois é o primeiro passo de uma interação. Na maioria das vezes precisamos interagir com ela, pois cada pessoa que recebe um oi, toma este oi como um convite para um diálogo e diálogo é complicado para as pessoas com Transtorno do Espectro Autista.

Tem uma coisa chamada teoria da mente, que num resumão poderia ser explicada como a capacidade de nos colocarmos no lugar dos outros. Parece simples, mas é complexo demais e fundamental para nosso convívio social. É pensando no que o outro pode estar pensando que regulamos o que fazer e o que não fazer socialmente. O tempo todo estamos nos posicionando de acordo com o que os outros pensam mesmo que tenhamos liberdade, autonomia e personalidade.

Isso me preocupa em relação ao futuro da Mi. Por enquanto ela é uma criança linda, mas vai crescer e precisamos trabalhar com ela estes pudores, malícia, perceber o que é ou não adequado em um contexto. Tudo isso deve ser ensinado e quanto mais cedo melhor, o que é um grande desafio para mim. Vejo Milena puxando cabelos de pessoas desconhecidas, ou mesmo conhecidas ou pegando a bolsa de alguém (adora bolsas a peruinha), já tem tempo que falo para ela não fazer assim. Preciso uniformizar estas orientações pois ela não entende por que pode pegar o meu cabelo (ou bolsa) e não pode pegar de outra pessoa.

São os desafios da educação, tão grandes para as crianças especiais como para os neurotípicos (“normais”).
Um boa novidade da semana é que tivemos o primeiro cocô feito espontaneamente no vaso! Fiquei MUITO feliz, foi o primeiro passo para uma grande conquista. Só mesmo esta garotinha pra me fazer feliz com o que poderia ser considerado tão simples.

Beijos a todos e muita luz em suas vidas.

Post Anterior Próximo Post

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe seu comentário