filha não parece autista
4 anos, Comportamento, Diagnóstico, Reflexões

“Ela não parece autista”

Estou vivenciando uma nova fase que tem me ensinado e me testado também. Milena sempre foi muito carinhosa e sempre procurou as pessoas para um contato não muito típico. Nunca foi um “diálogo”, mas a intenção de partilha sempre esteve presente. Isso somada à sua beleza (êta mãe coruja) provoca o inevitável comentário: “Ela não parece autista“. De tanto ouvir isso, eu muitas vezes questionei o Autismo ou o quão autista minha filha era. Até mesmo muitos profissionais afirmavam: “Ela tem apenas um atraso…”

Estes mitos do Autismo foram caindo por terra com o estudo; Ao conhecer outras mães; Ao conhecer outros autistas, principalmente pessoas com Asperger, que partilham, que buscam o contato, que demonstram afetividade.

Nesta nova fase, tenho ouvido constantemente: “Eu reparei que ela é diferente, eu percebi, só não imaginei que era Autismo”. Ou seja, com o passar do tempo, com minha menina crescendo, as outras pessoas passaram a perceber aquilo que no início da vida de minha linda garotinha apenas eu via.

As reações são variadíssimas. Existe o preconceito, existe a curiosidade. Aquele que diz o que não devia por não saber o que dizer. E ainda há aqueles que batem solidários nas minhas costas e dizem: “Vou rezar por você” ou “Tenha fé em Deus”. Formas diferentes de expressar compaixão.

Onde encontro minha felicidade

Eu amo muito minha filha e sou afortunada em ter como custear as terapias (nem todas, mas o suficiente). Sou feliz por poder entrar em contato com muitas pessoas que me ensinam, em ter uma fonte de informações constante. Ou seja, sou feliz.

Tive meu luto e ele às vezes volta. Aí eu choro pela filha idealizada que não veio e foco na filha real, meiga, carinhosa e que me surpreende com seu desenvolvimento a cada dia.

Ah! Sou feliz também por este cantinho tão nosso, pelos comentários que de vez em quando aparecem… Pelos grandes amigos que fiz por aqui.

Estamos bem por aqui. O único senão é que minha princesinha anda roendo as unhas até dar no sangue e chora de dor… Eu quase choro com ela, já passei alho, babosa, fava de sucupira (amarga), mas nada tem adiantado. Estou aceitando sugestões.

Abraços a todos!

0 0 vote
Article Rating
Post anterior Próximo post

Você também vai gostar

Subscribe
Me envie notificações de
guest
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
gisele campos
3 anos atrás

Boa noite, parabéns pela matéria me identifiquei muito, ainda estou no luto, são tantas opiniões tantas sugestões e conselhos mas na verdade so nos sabemos compreendê-los e aceitá-los muita paz